segunda-feira, 9 de julho de 2012

Arnaldo Süssekind - falecimento e tristeza

Faleceu o grande doutrinador. Suas Instituições acompanharam-me na vida jurídico-trabalhista, desde antes do concurso para a magistratura. De suas palavras, obtive muito conhecimento.

Talvez possa ser dito, hoje, um dos mais longevos colaboradores do mundo jurídico do trabalho.
Em 1943, quando do nascimento da CLT, lá estava ele, jovem ainda, participando ativamente dos trabalhos de elaboração do código que ainda hoje, com as alterações necessárias, vige em plenitude.

Ombreando com outros nomes destacados, ajudou a fazer surgir o código trabalhista, material e processual.
As inovações processuais foram marcantes na direção da simplificação visando à  promoção da efitividade da Justiça e à abertura plena do acesso à Justiça, duas pautas que continuam a exigir medidas.

Aqui, mais uma vez, postumamente, quero agradecer-lhe pelas tantas lições.

Minhas preces.